Show simple item record

dc.contributor.authorBerg, Sanford V.
dc.date.accessioned2014-08-01T17:55:45Z
dc.date.available2014-08-01T17:55:45Z
dc.date.issued2014-10
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/11362/36864
dc.descriptionIncluye bibliografía.
dc.description.abstractA lição fundamental que emerge deste estudo sobre a regulação dos prestadores de serviços públicos de água e esgoto de propriedade pública nos países em desenvolvimento é que a regulação do setor deve ser incorporada em um marco institucional adequado e consistente, para ter um impacto positivo sobre o desempenho. A regulação do setor, por si só, não é garantia de melhorias de desempenho nos serviços de abastecimento de água e de esgotamento sanitário. Os estudos de caso e as análises empíricas sugerem que, sem mudanças significativas no ambiente institucional, as ferramentas típicas de regulação não serão eficazes. Esta conclusão é preocupante, especialmente para os países em desenvolvimento, uma vez que significa que a criação de uma agência reguladora pode elevar expectativas, mas, em última instância, as regras da agência podem não ser de melhorar o desempenho do(s) prestador(es), sem que sejam tomadas iniciativas adicionais politicamente difíceis.
dc.description.tableofcontentsResumo .-- I. Introdução .-- II. A governança regulatória e os fundamentos da regulação .-- III. Governança e fundamentos dos prestadores públicos .-- IV. Melhores práticas: benchmarking e resolução de conflitos .-- V. Principais lições e conclusões.
dc.format.pdf
dc.format.extent77 páginas.
dc.language.isopt
dc.publisherCEPAL
dc.relation.ispartofseriesDocumentos de Proyectos
dc.titleBoas práticas de regulação dos prestadores públicos de serviços de água e esgoto
dc.typeTexto
dc.projectProyecto "Recursos Naturales" (FRA/11/002)
dc.idprojectFRA/11/002
dc.divisionDivisión de Recursos Naturales e Infraestructura
dc.publicationstatusDisponible
dc.regionalofficeSantiago
dc.physicaldescription77 p.; diagrs.
dc.jobnumberS1420277
dc.callnumberLC/W.542
dc.identifier.unsymbolLC/W.542
dc.placeofeditionSantiago
dc.relation.ispartofseriesno542
dc.subject.spanishAGUA
dc.subject.spanishRECURSOS HIDRICOS
dc.subject.spanishRECURSOS NATURALES
dc.subject.spanishDESARROLLO ECONOMICO
dc.subject.spanishAGUA POTABLE
dc.subject.spanishALCANTARILLADO
dc.subject.spanishREGULACION ECONOMICA
dc.subject.spanishDESARROLLO DE LOS RECURSOS NATURALES
dc.subject.englishWATER
dc.subject.englishWATER RESOURCES
dc.subject.englishNATURAL RESOURCES
dc.subject.englishECONOMIC DEVELOPMENT
dc.subject.englishDRINKING WATER
dc.subject.englishSEWERAGE
dc.subject.englishECONOMIC REGULATION
dc.subject.englishNATURAL RESOURCES DEVELOPMENT
dc.coverage.spatialspaAMERICA LATINA Y EL CARIBE
dc.coverage.spatialengLATIN AMERICA AND THE CARIBBEAN
dc.type.biblevelDocumento Completo
dc.doctypeDocumentos de proyectos e investigación
dc.topic.spanishRECURSOS HÍDRICOS
dc.topic.spanishRECURSOS NATURALES
dc.topic.spanishREGULACIÓN
dc.topic.englishNATURAL RESOURCES
dc.topic.englishREGULATION
dc.topic.englishWATER RESOURCES
dc.idsade53370
dc.divisionengNatural Resources and Infrastructure Division
dc.workarea.spanishRECURSOS NATURALES
dc.workarea.englishNATURAL RESOURCES
dc.contributor.institutionFrancia. Ministère des Affaires Etrangères
cepal.physicaldescriptiondiagramas


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record